ArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanishSwedish

Raniele é convocado para jogo do time principal e cita Gregore e Flávio como exemplos

Volante foi capitão da equipe sub-23 no Ba-Vi da última quarta-feira, pelo Campeonato Baiano

Raniele, volante do Bahia, foi convocado para a partida contra o Sport
Foto: Divulgação/EC Bahia

O elenco principal do Bahia terá uma novidade para o jogo contra o Sport, marcado para este sábado, às 16h (de Brasília), no estádio de Pituaçu, em Salvador, pela Copa do Nordeste. O volante Raniele, contratado para integrar o elenco sub-23, foi convocado pelo técnico Dado Cavalcanti e fará parte do grupo relacionado para o jogo válido pelo torneio regional.

Raniele é baiano do município de Baixa Grande, localizado na região nordeste do estado. Na infância, escolheu o Bahia como time do coração. Na última quarta-feira, ele atuou pela primeira vez em um Ba-Vi e, além de jogar com a faixa de capitão, conseguiu ser um dos destaques da partida. Pelo histórico como torcedor, a chance de disputar um clássico e a convocação para integrar a delegação tricolor em um jogo da equipe principal tem um grande peso emocional.

– Sou Bahia desde criança, meu pai é fanático pelo Bahia. Sou de Baixa Grande. Cresci aqui na Bahia, acompanhando o clássico Ba-Vi. Qualquer moleque que cresce aqui na Bahia almeja ser jogador e jogar um clássico deste tamanho. Para mim foi muita honra, até por ser capitão. Foi momento ímpar na minha vida. Espero que aconteça mais vezes – disse ao Programa do Esquadrão.

Com 24 anos, Raniele começou a carreira como zagueiro, mas virou volante na Ferroviária, em 2019. A partir de então, atuou no meio-campo por Portuguesa e Jacuipense. Hoje, ele conta que se sente bem na posição.

– Acredito que a chave virou, se não me engano, no ano retrasado. Primeiras chances que tive de jogar de volante. Na Ferroviária, a gente tinha uma proposta de jogo parecida com a do Bahia. Sempre me senti à vontade com a bola. Na Portuguesa, joguei de volante de novo, na Jacuipense atuei a temporada toda de volante. É uma coisa que consigo exercer bem.

Com volante, Raniele espera fazer história no Bahia, e tem como exemplo jogadores que deixaram o clube recentemente. O atleta citou Gregore e Flávio como duas referências para ter sucesso com a camisa tricolor. Os dois foram contratados pelo clube para o time sub-23, mas subiram rapidamente para a equipe principal e assumiram a titularidade de forma incontestável.

– Quero escrever meu nome na história do Bahia. Assim como Gregore escreveu, Flávio, jogadores da minha posição. São jogadores que agora são referência. Quero escrever uma história parecida com a deles, ou até maior. Tenho identificação com o clube, sou daqui da Bahia – pontuou.

Neste sábado, Raniele fará parte de um grupo que busca recuperação. Na última rodada da Copa do Nordeste, o Bahia perdeu para o Vitória pelo placar de 1 a 0. O resultado tirou o Tricolor da zona de classificação. Atualmente, a equipe de Dado Cavalcanti ocupa a 5ª posição do Grupo A, com quatro pontos.

Fonte: Globoesporte.com.