ArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanishSwedish

Goiano: Ex-Ferroviária, goleiro do Goiás mantém a forma com ajuda do pai

“Tenho feito mais treinos físicos, corrida, alguns outros trabalhos físicos”, destacou o arqueiro Tadeu

Com o futebol mundial parado, os jogadores têm feito de tudo para manter o condicionamento físico e a técnica em dia. Tadeu, goleiro do Goiás, vem seguindo à risca os protocolos de treino, contando com a ajuda do pai, Elso.

“Tenho feito mais treinos físicos, corrida, alguns outros trabalhos físicos. Porque não tem como treinar muito a parte técnica. Tenho tentado fazer o máximo de trabalho físico, para quando voltar poder está fisicamente mais evoluído, e está apto a trabalhar mais forte a parte técnica que a gente tanto precisa”, disse.

Tadeu – Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Há exatamente um mês, o Goiás fazia o seu último jogo, antes da paralisação do futebol. A última partida de Tadeu, no entanto, foi disputada no dia 12 de março, em jogo válido pela Copa do Brasil, contra o Vasco. Por conta de estar tanto tempo parado, o goleiro se diz ansioso pela volta aos treinos e às partidas.

“Estou muito ansioso para poder voltar a jogar. Aconteceu a paralisação quando a gente estava chegando no nosso nível de forma física, tática, técnica. Então quero logo voltar a treinar, jogar, poder voltar para o nosso habitat. É muito ruim ficar tanto tempo sem poder exercer a sua profissão, sem sentir aquele clima de campeonato. Então, estou muito ansioso pra quê as coisas comecem a melhorar e que todos possam voltar a realizar as suas atividades”, concluiu.

Fonte: Futebol Interior.