ArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanishSwedish

Após marcar contra o Guabirá-BOL, Juninho destaca confiança no grupo para enfrentar o Ceará

Zagueiro marcou gol de cabeça na última terça-feira; Bahia enfrenta o Ceará neste sábado, pela final da Copa do Nordeste

Juninho, zagueiro do Bahia, comemora gol marcado contra o Guabirá
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O zagueiro Juninho voltou a ser titular do Bahia na última terça-feira. Diante do Guabirá-BOL, pela Copa Sul-Americana, o técnico Dado Cavalcanti promoveu a entrada de alguns atletas para poupar os que vinham jogando com mais frequência, e Juninho foi o escolhido para substituir Gérman Conti.

A novidade deu resultado: no primeiro tempo, o zagueiro aproveitou cobrança de falta de Matheus Galdezani e marcou o segundo gol do Bahia.

– É importante voltar a jogar, estar em campo ajudando o Bahia com meus companheiros. Fico muito feliz em ter feito mais um gol com essa camisa, e principalmente por termos conquistado o triunfo. Então é seguir trabalhando para quando as oportunidades aparecerem poder fazer o melhor pelo Bahia – diz Juninho.

Satisfeito pelo desempenho na partida, que terminou em goleada de 5 a 0, o zagueiro já foca no próximo adversário, o Ceará. Neste sábado, o Tricolor enfrenta o Vozão na partida de ida da final da Copa do Nordeste. O jogo, marcado para as 16h, será realizado em Pituaçu.

– Uma final é sempre especial, um jogo diferente. Então, sem dúvida, vamos nos preparar da melhor maneira possível. Será uma partida complicada, mas confiamos no nosso grupo, estamos bem focados e concentrados para fazermos um grande jogo nesses primeiros 90 minutos na nossa casa – afirma.

Juninho chegou ao Bahia em 2019. De lá para cá, fez 87 partidas e 5 gols com a camisa tricolor.

Neste sábado, a tendência é que o zagueiro contribua, inicialmente, do banco de reservas. A expectativa é que Dado Cavalcanti promova o retorno dos jogadores que não tiveram condição de jogo na última terça-feira, Gilberto, Rodriguinho, Nino Paraíba e Conti.

Fonte: Globoesporte.com.