ArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanishSwedish

Após ano “turbulento” da Ponte, Renan Fonseca deixa negociação para renovar nas mãos de agente

Presente em 61 dos 63 jogos da Macaca, zagueiro também comenta temporada do clube

Além de fazer o possível para segurar Gilson Kleina, a Ponte Preta também mantém conversas com jogadores do elenco que são considerados importantes para a próxima temporada. Um deles é Renan Fonseca, capitão do time e presente em 61 dos 63 jogos da Macaca em 2018. É o jogador de linha que mais atuou, perdendo só para o goleiro Ivan, com 62 aparições.

A negociação já foi iniciada, mas ainda parece distante de uma resposta positiva. De férias no interior de Minas Gerais, o zagueiro deixou a situação nas mãos do empresário Alexandre Luz e deu preferência ao descanso depois de uma temporada longa. Renan Fonseca também tem sondagens de outros clubes.

– Foi um ano muito intenso, turbulento. A gente viveu muito essa reta final. Estou no interior, preciso dar uma respirada, uma descansada. O meu empresário está conversando com o pessoal da Ponte, então tudo é possível. Espero que eles se entendam, e a gente vai fazer o melhor para mim e também para a Ponte – disse o zagueiro, em entrevista à Rádio Bandeirantes.


Renan Fonseca durante temporada na Macaca — Foto: Carlos Velardi / EPTV

Fonseca também comentou, de forma resumida, o ano da Ponte. Em 2018, o clube disputou Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Série B, sempre com altos e baixos durante a campanha. O zagueiro disse que o elenco mostrou comprometimento de atuar na Macaca em uma temporada de muitas dificuldades e apontou pontos que ele considera cruciais para o resultado final.

– Foi um ano longo, com três competições. Ponte passou por uma reformulação e nós chegamos para tentar reerguê-la. Momento complicado, mas abraçamos a causa. Tivemos dificuldade muito grande no Campeonato Paulista e logo em seguida fomos campeões do interior. Título importante, muito comemorado, mas que ao mesmo tempo deu uma mascarada para o começo da Série B. Começamos devagar, tivemos um período morno, mas na reta final tivemos uma arrancada fantástica. Por um detalhe não conseguimos fazer história.

Com ou sem Renan Fonseca, a Ponte marcou para 2 de janeiro a reapresentação dos jogadores. Até lá, a diretoria pretende estar com a montagem do grupo encaminhada. Por enquanto, apenas 10 atletas estão garantidos para a próxima temporada. São eles:

  • os goleiros Ivan e Ygor Vinhas;
  • o zagueiro Reynaldo;
  • os volantes João Vitor e André Castro;
  • os meias Tiago Real, Matheus Vargas e Murilo;
  • os atacantes Felipe Saraiva e Neto Costa.

Fonte: Globoesporte.com